Publicidade - OTZAds

Deseja saber se seu celular está sendo rastreado? Então, você está no lugar certo!

Os celulares costumam ser alvo de ataques de malwares espiões, conhecidos como spywares ou stalkerwares, que conseguem obter conhecimentos dos donos dos aparelhos.

Além disso, são muitas as pessoas que acabam sendo vítimas dessas situações. 

Com isso, apesar dos spywares serem silenciosos, tem alguns sinais que mostram que eles estão agindo.

Caso o seu aparelho celular mostre picos inesperados no consumo de dados móveis, ou anúncios pop-up aparecendo na tela e queda rápida da bateria, são sinais suspeitos.

Então, veja a seguir cinco indicações que auxiliam a descobrir se o seu celular está sendo rastreado:


Veja Também:


1- Elevado consumo de dados móveis

A elevada utilização de dados móveis é uma indicação de que o smartphone está sendo rastreado. Isso pois aplicativos espiões utilizam internet para mandar dados sobre a vítima.

Dessa forma, ocorre um alto consumo de dados, em que até mesmo podem ser ultrapassados.

Logo, se você estiver desconfiando de invasões ao dispositivo, acesse as configurações e procure por “dados móveis” para ver uma lista ordenada com apps que mais os consome.

2- Publicidade aparecendo na tela

Anúncios pop-up são um dos sinais mais óbvios de que o smartphone foi atingido por malwares. Alguns desses malwares conseguem causar propagandas que “saltam”.

E esses saltos surgem na tela de seu dispositivo no momento de uso comum, convidando o usuário a fazer ações fora do costume que podem fazer com que haja mais vírus ainda.

Por vezes, esses pop-ups maldosos conseguem surgir por meio de avisos do sistema.

3- Queda repentina da bateria

Apesar de não ser um fator definitivo, a queda repentina de bateria consegue ser um sinal de que o celular foi hackeado. 

Caso o usuário passe horas no YouTube ou tenha o brilho alto do celular, a queda acentuada da carga está ligada à maneira de consumo da utilização do smartphone.

Além do mais, você consegue ver o que está consumindo a energia do dispositivo através do acesso às configurações e procurando por “bateria”.

De outra forma, caso você esteja utilizando o smartphone como sempre, e a bateria esgotar em pouco tempo, pode ser que o seu celular esteja sendo alvo dos malwares.

Pois, malwares e spywares colaboram para a diminuição repentina da vida útil da bateria de seu celular.

4- Aplicativos suspeitos

Se você percebeu que há algum aplicativo diferente que você não se recorda de ter instalado no seu smartphone? Esse é mais um sinal de que o celular está sendo rastreado.

Mas antes de tirar conclusões precipitadas, veja o histórico de instalações da loja que é do seu aparelho celular, para verificar se foi instalado ou não.

Depois, realize uma pesquisa a respeito do aplicativo em questão e confira o que falam a respeito dele. Se ainda assim suspeitar de forma negativa, desinstale. 

Entretanto, vale lembrar que o spyware consegue se esconder em outros diretórios.

5- Superaquecimento

Além de tudo que os apps espiões podem causar como custo a mais de dados e bateria, eles são capazes de ocasionar o superaquecimento do celular.

Em algumas situações específicas, como quando se acessa jogos pesados ou se tem muitas atividades sendo efetuadas no mesmo momento, acontece o aumento da temperatura.

Porém, se o celular está mais quente que o normal em momentos de descanso, alguma coisa pode estar ocorrendo.

Essas foram as nossas dicas para quem deseja saber se o celular está sendo rastreado. Aproveita e compartilha com os seus amigos, para que eles também possam ficar atentos.