Como solicitar um cartão com débitos pendentes



A primeira coisa para você fazer é : organize suas contas e saiba onde economizar

Muitas pessoas querem um cartão, mas não querem se organizar para pagar suas dívidas. Então, tenha para consigo mesmo o senso de responsabilidade. Pague seus débitos. Ou pelo menos comece a organizar para que isso seja possível.

Logo depois de separar suas dívidas, é a hora de separar suas contas, as despesas mensais. É importante que você saiba tudo que gasta por mês, para organizar o que é essencial, extra e o que você pode dispensar para economizar.


Cartão de crédito com nome sujo? Primeiro faça isso

Sim, antes de pensar em cartão, pense nas contas essenciais, como aluguel, ou prestação da casa, condomínio, conta de água, luz, alimentação, educação. Não tem muito o que mexer, não é? Mas você pode encontrar alternativas mais baratas. Economizar um pouco, em tudo que você consome, ajuda a você ter uma sobra para pagar suas pendências.


Muita gente olha para as dívidas, para o extrato bancário, e pensam matematicamente “não vai dar, não vou conseguir!”. É um sentimento ruim, mas estou aqui para falar que é possível sair da dívida mesmo com a renda curta. Com os juros rolando, uma dívida que antes cabia no seu bolso pode ficar bem maior que sua renda. É uma situação delicada, mas é possível quitar suas pendências.

O primordial neste momento é saber exatamente o quanto você deve e se organizar para conseguir pagar. Dê uma olhada nas dicas abaixo que você vai entender melhor.

Seja responsável: encare a situação e se planeje

Quando estamos nesta situação é difícil aceitar que isso se tornou um problema e que está nos atrapalhando. É preciso aceitar o problema e ter determinação para trabalhar com ele. Então, você deve criar um planejamento para conseguir juntar dinheiro para iniciar seu processo de negociação da dívida. Sem se planejar, você não vai saber exatamente de onde levantar esse dinheiro, nem o valor total da dívida para fazer a negociação.

Valor total de cada uma das dívidas

Você precisa separar todas suas dívidas e levar o valor de cada uma delas. Saber o valor inicial da pendência e quanto ela está agora que os juros estão correndo. Ao saber essa informação, você vai conseguir calcular quanto precisa para negociá-las.

Depois de ter feito tudo isso, agora sim: comece a pensar em seu cartão de crédito.

Boa sorte!!