Publicidade - OTZAds

Infelizmente os EUA se tornou o novo grande centro de concentração do Covid-19, e isso parece que não tem previsão de terminar tão cedo, pois sabemos que ainda não existe uma cura especifica para esse tipo de vírus.

Por isso, as orientações da organização mundial de saúde ainda recomendam o isolamento social por parte das pessoas, porém, nós sabemos que muitos não têm respeitado essas recomendações, mas reforçamos que precisamos fazer nossa parte, porque é importante para combatermos essa nova pandemia o mais urgente possível.

Quais foram os últimos  balanços de vítimas? O balanço divulgadas em todo mundo segue em constante crescimento para a nossa preocupação.

No último sábado números divulgados oficialmente pela Defesa Civil da Itália apontam que o número total de mortes no país já chega a 19.468, as autoridades começaram entrar em providência urgente.

EUA se tornar o país com o maior número de mortes provocadas pela Covid-19

Covid- 19 atualizações importantes nos EUA e no mundo

Segundo informações divulgadas por um levantamento feito pela agência de notícias Reuters, os óbitos nos EUA já passam de 19,6 mil, o que também coloca o país como recordista no número de mortes desde o início da pandemia.

Além disso, muitos também não sabem é que os EUA  infelizmente também lideram  o número de casos, com mais de 500 mil infectados, o ranking dos países mais atingidos pelo novo coronavírus, segundo a universidade Johns Hopkins. Outro dado importante: o país foi o primeiro a a registrar mais de 2 mil mortes em um período de 24 horas.

No mês passado, precisamente em 19 de março, a Itália ultrapassou o número de mortos da China, onde a pandemia começou no fim de 2019. Em todo o mundo, a pandemia já mantou mais de 100 mil pessoas.

Cenário mundial das mortes pelo Covid-19

A nova pandemia do novo coronavírus que tem provocado uma verdadeira mudança de estrutura dos poderes em todo o mundo,  já fez pelo menos 107 645 mortos em todo o mundo, um número em evolução segundo um balanço de vários centros de investigação e agências noticiosas como a francesa, AFP.

Mas o que fazer para combater o novo coronavírus?

As medidas são simples, mas ao mesmo tempo muito difíceis de serem cumprida por parte de um povo que ainda não tomou consciência do quão importante é mantermos um isolamento social, um afastamento, e sair de casa apenas para necessidades básicas.

Portanto, é importante sempre que todos nós que podemos, fiquemos em casa.

Fonte: Portal G1

Por: Digital Seguro