Publicidade - OTZAds

Como conseguir um financiamento de moto para autônomo? Talvez esse um processo mais difícil para conseguir uma aprovação, mas nós reunimos uma série de informações que podem ajudar você nesse processo.

Uma coisa que precisa ficar clara é a seguinte:  todo financiamento passa por um processo de análise, e este processo pode ser mais fácil ou mais burocrático, depende muito da financeira. Quando alguém é autônomo e tem o nome sujo, esse processo pode ser muito complexo.

Contudo, para quem é autônomo, com conta ativa em algum banco, com pelo menos doze meses de atividade regular, o processo de aprovação de um financiamento pode ser muito mais fácil, porém, isto não  é nenhuma garantia.

Para ajudar você nessa busca que pode ser, realmente muito complicada, confira a seguir dicas especiais.

Financiamento de moto para autônomo -melhores opções para você

Como funciona o financiamento para autônomos?

Uma coisa é preciso de deixe claro: o processo de aprovação pode ser fácil ou mais burocrático, tudo irá depender do seu perfil como autônomo, e claro, da instituição financeira que você escolheu para tentar comprar a sua moto.

Em primeira análise, o banco precisa decidir se aprova o empréstimo, por financiar, também é pegar um empréstimo, pois você está solicitando crédito para uma determinada empresa, não é verdade?

Além disso, antes dessa fase, é desejável que o interessado já tenha escolhido o modelo da moto e onde deseja compra-lá. Então, é feita uma análise de crédito – ou seja, o banco avalia se você tem condições de pagar essa dívida. Quando o crédito é liberado, o banco paga a loja onde você vai comprar a moto, e você paga as parcelas todos os meses para ele até quitar o que deve.

Como você pega este dinheiro e leva a moto na hora, o banco cobra juros e pode tentar tomar a moto caso você deixe de pagar a dívida. Se por ventura ocorrer essa situação desagradável, saiba que existem regras e formas durante o processo. Saiba mais sobre a busca e apreensão de veículos e motos.

Vantagens e facilidades do financiamento

Por outro lado, o financiamento permite que você faça a compra na hora, mesmo sem ter o dinheiro todo. Se você tiver um valor guardado, pode dar esse dinheiro como entrada e diminuir o valor das parcelas.

É por fim, é válido também dizer que alguns bancos cobrem o valor total da motocicleta, porém, em outras instituições, é necessário pagar pelo menos 10% de todo o valor.

Vale a pena financiar?
Sim, mas é importante pesquisar qual banco oferece o financiamento com taxas mais baratas. Além disso, avalie seu orçamento e veja qual parcela você consegue pagar por mês, garantindo que não vai comprometer toda a sua renda nessa compra!

Outros detalhes sobre o processo do financiamento de moto

Veja a seguir alguns detalhes sobre aprovação de um financiamento de moto.

Em primeiro lugar, é preciso comprovar renda no Financiamento sendo Autônomo
Usando a conta bancária como comprovante de renda. …
Abra uma conta corrente. …
Organize sua documentação para comprovar a renda como autônomo. …
Cuidado com restrições no CPF. …
Formalize sua empresa. …
Mantenha a sua contabilidade em dia. …
Emita a Decore.

Como fazer um empréstimo para autônomo?

Como falamos anteriormente, o empréstimo é praticamente a mesma coisa que um financiamento, pois é uma solicitação de crédito para uma determinada empresa específica, [E para fazer um pedido de crédito pessoal como este é necessário que se apresente, entre outros documentos, o extrato bancário dos últimos 90 dias. Ele funciona como um comprovante de renda, permitindo assim a análise de crédito e possível liberação do empréstimo para autônomo.

Como um autônomo pode financiar um veículo?

Em primeiro lugar, pela solicitação de análise de crédito em uma financeira. Autônomo: como comprovar renda no financiamento.
Como conseguir aprovação rápida? Bom, é muito possível conseguir a aprovação do banco por meio da sua declaração do Imposto de Renda e da apresentação de extratos bancários na sua conta. … Não ter vínculo empregatício ou carteira assinada por uma empresa não significa que você não pode entrar em um financiamento

Considerações importantes sobre o financiamento de moto

Como comprovar renda no financiamento? Não é tão difícil, se você for um cliente ativo de um determinado banco.
Deposite em uma conta bancária todo o dinheiro que você ganha e aguarde seis meses para usá-la como comprovação de renda. …
Se não tiver conta corrente, abra uma. …
Junte os documentos certos para comprovar a renda como autônomo. …
Cuidado com restrições no CPF. …
Faça o Cadastro Positivo. …
Formalize seu trabalho.

Qual a financeira mais fácil de aprovar financiamento?

Para quem é cliente fiel de um banco, isto é, que paga suas contas pontualmente, não é tão complicado encontrar uma financeira mais prática para aprovação de um financiamento.
Por exemplo, se optar por financiar o seu carro através de varejo – ou seja, grandes bancos como Bradesco, Itaú ou Banco do Brasil – estará sujeito a maiores taxas de juros. Com base no relatório atualizado do Banco Central, o Banco Bradesco é o que oferece a melhor taxa de juros – 1.58% ao mês
Talvez você pergunte,  qual banco tem a menor taxa de financiamento ou as melhores condições nas taxas mensais. Nós sempre falamos aqui dos bancos públicos.
O Banco que hoje em dia tem uma das menores taxas é a Caixa Econômica Federal, você pode clique aqui e fazer uma simulação online ou fazer comparações dos juros mais baratos do mercado.

Como comprovar renda no Financiamento sendo Autônomo

Outra forma de comprovar renda, sendo autônomo é você usar a conta bancária como comprovante de renda. …
Tenha conta corrente bastante ativa no seu nome, pelo menos 12 meses.
Organize sua documentação para comprovar a renda como autônomo. …
Cuidado com restrições no CPF. …
Formalize sua empresa. …
Mantenha a sua contabilidade em dia, faturas sempre pagas, movimentações, transações bancárias.
Procure aumentar o seu score

Ainda tem dúvida? Então entre em contato para mais informações

Vá até uma de nossas agências ou ligue na central de atendimento pelo 0800 726 0101 para verificar se a sua empresa ou órgão é conveniado.
Você também pode entrar em contato com o financiamento do Banco Itaú, uma excelente opção. Quaisquer ações ou informações relacionadas à execução regular da contratação estão disponíveis pelos telefones: 4002 0234 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800 729 0234 (demais localidades), sem qualquer alteração.
Através da Central de Relacionamento – 4004-4433 para Capitais e Regiões Metropolitanas. 0800 722 4433 – Demais Localidades.