Publicidade - OTZAds

Comprar uma moto nova pode significar para muitos a realização de um sonho ou até mesmo de uma necessidade, como por exemplo, para muitos que utilizam a moto como um meio de transporte ou de trabalho.

É nesse momento que participar de um leilão de motos baratas pode ser uma vantagem para aqueles que buscam comprar um veículo por valores mais baratos do que em lojas e concessionárias, mas você sabe como funciona e como conseguir boas ofertas de motos?

Se não sabe, fique tranquilo! Nesta matéria vamos te explicar como funciona o leilão de motos, com conseguir comprar um veículo mais barato e não sair em prejuízo.

Como funciona o leilão de motos?

No leilão de motos, assim como em qualquer outro tipo de leilão, são vendidas motos por preços mais baratos, isso porque muitos desses veículos foram apreendidos seja por empresas financeiras em que um financiamento não foi bem sucedido ou até mesmo por ter sido confiscado em uma operação policial ou de órgãos de trânsito por conter irregularidades.

Dessa maneira, esses veículos na maioria das vezes são vendidos por preços mais baratos, porém o novo dono deve se comprometer em quitar todas as dívidas em atraso e regularizar o veículo para que possa ser utilizado normalmente.

Durante o leilão, é possível que algumas motos sejam vendidas por lances mais baratos, dependendo do modelo, ano e até mesmo da situação em que se encontram. E ganha aquele que der os maiores lances.

Como participar de um leilão de motos baratas?

Para participar, antes de tudo, é preciso pesquisar quais são os modelos de motos mais baratos e com preços acessíveis. Logo em seguida, é preciso escolher em qual empresa participar do leilão.

É possível participar do leilão de bancos, empresas financeiras e até mesmo de órgãos do governo, como por exemplo, o DETRAN. Depois basta informar-se sobre o cadastro e como será realizado o evento, se será virtualmente ou presencialmente.  

Caso seja virtual, é preciso estar atento a todas as especificações do veículo para não cair em uma cilada e também para conseguir negociar o valor.

Além disso, é possível também que algumas motos começam com lances mais baratos e dependendo da empresa os lances podem começar de R$ 100 até R$ 1 mil, caso sejam modelos mais populares.

Vale a pena participar de um leilão de motos baratas?

Antes de tudo, para participar de qualquer leilão é preciso ter uma certa experiência ou então conversar com alguém que já tenha certo conhecimento. 

Isso porque comprar um veículo de leilão, mesmo que seja por um preço mais barato, é sinônimo de comprometimento em quitar todas as dívidas, ajustes mecânicos e regularização.

Além disso, em um leilão de motos baratas, dificilmente é possível parcelar o valor, isso porque geralmente é preciso pagar na hora e à vista. 

Por fim, se você não quer ter que se preocupar com essa parte, é mais recomendado comprar uma moto através de um financiamento ou consórcio, em que é possível pagar em diversas parcelas. Mas comprar uma moto de leilão também pode ser considerado um bom investimento se você precisa de um veículo com urgência, por exemplo.