Publicidade - OTZAds

Tudo indica que a nova pandemia coronavírus não vai terminar tão cedo no brasil e no mundo. Devido ao aumento de casos em na grande metrópole do país, a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo montou tendas na área externa do pronto-socorro para fazer o primeiro atendimento aos pacientes com suspeita de coronavírus.

De acordo com as informações do provedor da instituição, Antônio Penteado Mendonça, a medida foi tomada para reduzir risco de contaminação no interior dos centros médicos. Nas tendas, os pacientes com suspeita da doença fazem a triagem, atendimento e são encaminhados.

Em nota oficial, o provedor disse: “Estamos em uma guerra, e uma guerra que vai ficar muito mais feia a partir de agora. Montamos tendas para otimizar o atendimento de quem tem suspeitas de coronavírus.

Santa Casa de SP monta tendas para atender suspeitos por coronavírus

Ainda segundo as informações de  Mendonça, o hospital hoje tem insumos e equipamentos suficientes para dar conta da demanda.

Para além disso, é importante dizer também que a Santa Casa tem atendido, em média, 50 pessoas por dia com suspeita de coronavírus. Nesta sexta-feira (3), o hospital tinha 40 pacientes com a doença internados.

Para você que ainda não sabe sobre as recomendações da organização mundial de saúde, separamos a seguir algumas dicas úteis de especialistas para ajudar contra o corona  :

Como posso me prevenir contra o coronavírus?

Higienização das mãos e de superfícies são fundamentais para evitar transmissão, de acordo com infectologistas.  A prevenção contra a transmissão do novo coronavírus exige cuidados simples no dia a dia, como a forma correta de lavar as mãos, espirrar e tossir, portanto, é muito importante você seguir as recomendações de isolamento social.

Dessa forma, médios e especialistas recomendam que a prevenção deve obrigatoriamente ser feita, principalmente, pela higienização das mãos e de superfícies que possam estar contaminadas.

Enfim, gostou? Então compartilhe essa notícia com amigos, e lembre-se: previna-se!

Fique em casa!

Fonte: G1 Notícias