Publicidade - OTZAds

Semana passada falamos aqui do Crédito Imobiliário da Caixa lançado para seus clientes. E agora, pensando também nessas possibilidades de lucro, uma nova linha de crédito imobiliário com taxa de juros pré-fixada levou grandes bancos privados a estudarem a implantação da modalidade.

O Bradesco informou que o juro pré-fixado é uma opção que está em estudo para ser disponibilizado ainda este ano.

Como vai funcionar o crédito imobiliário com bancos privados?

O Itaú não possui planos de operar no curto prazo, embora “esteja atento aos movimentos do mercado e estude as possibilidades para oferecer produtos.

Pensando na possibilidade de ganhos, o Banco do Brasil disse que realiza, constantemente, estudos das oportunidades “em linha com a concorrência, buscando oferecer portfólio de crédito que atenda às necessidades dos clientes”, mas não confirmou se deve lançar uma linha pré-fixada.

Confira como vai funcionar o crédito imobiliário com os principais bancos

Crédito imobiliário do Banco do Brasil

– O BB oferece  taxas a partir de 3,45% ao ano + IPCA, no Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e Sistema Financeiro Imobiliário (SFI) e Carteira Hipotecária (CH). Além disso, o banco oferece juros a partir de 6,99% + TR, no SFH, SFI e CH. Mas, na linha pró-cotista, a taxa é 9% ao ano + TR. O percentual de financiamento vai até 82% do valor de avaliação do imóvel novo ou usado.

Sobre o crédito do Bradesco

– O Bradesco pratica taxas de juros a partir de 7,30% ao ano + TR, nas linhas de crédito do Sistema Financeiro de Habitação (SFH), Sistema Financeiro Imobiliário (SFI) ou Carteira Hipotecária (CH). No entanto, o banco financia até 80% do valor de avaliação do imóvel novo ou usado, com prazo de pagamento de até 30 anos.

Crédito Santander

– Já O Santander oferece juros a partir de 7,99% ano ano + TR, nas linhas de crédito do Sistema Financeiro de Habitação (SFH), Sistema Financeiro Imobiliário (SFI) ou Carteira Hipotecária (CH). O banco financia até 90% do valor de imóveis novos e usados.

Gostou? Gostaria de mais informações? Clique aqui e confira outras matérias exclusivas.