Publicidade - OTZAds

Reveja a opção de um empréstimo consignado que ajuda a estabilizar sua situação financeira. Descubra neste artigo as vantagens na contratação desse empréstimo.

Os empréstimos consignados são empréstimos financeiros que são concedidos com base no salário, a funcionários que recebem seu salário em conta corrente. Os pagamentos dos financiamentos são feitos através de repasse automático do valor e da periodicidade acordada com o trabalhador, ou seja, o valor é subtraído mensal ou quinzenalmente.

Este esquema de financiamento, além de ser muito cômodo e fácil para os clientes obterem, é muito útil para sair de um problema econômico se for utilizado corretamente, tornando-se um poderoso aliado dos trabalhadores que buscam respostas rapidamente.

Vantagens de optar pelo empréstimo consignado

A grande maioria dos produtos financeiros visa atender a determinadas necessidades de seus clientes, porém, nenhum se adapta tão bem às necessidades dos trabalhadores em geral quanto o crédito consignado.

É comum que as recomendações de saúde financeira sejam direcionadas para a escolha de produtos que se adaptem às necessidades individuais, mas a vantagem da opção do crédito consignado é que dificilmente ultrapassará alguns dos requisitos básicos que são solicitados em outras modalidades de financiamento.

Uma das principais vantagens financeiras é que, devido à natureza e às circunstâncias em que são oferecidos estes tipos de empréstimos, é possível ter uma taxa de juros fixa, o que facilita a concepção de um esquema de pagamento que inclua prestações fixas.

Se feita a análise correta, o trabalhador pode encerrar o pagamento do financiamento de um empréstimo consignado em um prazo determinado, sem a necessidade de se preocupar com atrasos ou alterações inesperadas.

Garantias extras que jogam a favor dos usuários

Embora possa parecer que a autorização é garantida, o banco, ao consultar os seus dados de crédito na agência de crédito, poderá conceder-lhe um crédito de acordo com a sua capacidade.

Para aproveitar ao máximo esse tipo de empréstimo, a regra de ouro é que o valor total a ser pago não ultrapasse 30% da renda disponível mensal. Se você tem outras obrigações, o ideal é não ultrapassar 10%, para nunca correr o risco de superendividamento.

Recomenda-se que antes de solicitá-lo o cliente faça um cálculo de sua receita mensal, e subtraia as despesas fixas, mas inclua também o pagamento de outras dívidas que possa ter. Posteriormente, inclua no cálculo também um pequeno trecho que serve como margem de segurança para imprevistos.

Com isso, o cliente pode ter um cálculo líquido mais preciso e claro de qual é o percentual extra de dívida que ele pode ter para que, ao solicitar o empréstimo consignado, fique bem claro quanto dinheiro pode alocar para o pagamento.

Outra vantagem clara desses produtos é que o número de requisitos é mínimo:

  • O banco não pede qualquer tipo de aval ou fiança, como costumam fazer as casas de penhores, pois o pagamento é amparado pelo salário do trabalhador;
  • Os valores do empréstimo dependem do tempo de trabalho do funcionário e do salário;
  • Os prazos fixos podem variar de 6 a 72 meses;
  • Os descontos na folha de pagamento do funcionário geralmente são quinzenais, porém, podem ser ajustados à periodicidade acordada com o banco de acordo com o ciclo em que recebe o salário;
  • Em muitos casos, o solicitante já está pré-autorizado porque o banco possui as informações.

Para muitas pessoas que não iniciaram um histórico de crédito, esse tipo de empréstimo é uma opção muito boa para gerá-lo. Além disso, esse tipo de financiamento é uma ferramenta poderosa que os trabalhadores devem poder adquirir em caso de imprevisto ou emergência. Nesses casos, depois que você sair do problema, o melhor conselho é liquidar tudo imediatamente. Fazê-lo antes do final do prazo é muito melhor.