Publicidade - OTZAds

Catadoras e catadores receberam 340 pegadores de materiais recicláveis, no domingo (1), último dia do Carnaval 2020. Assim sendo ação foi uma iniciativa do artista Mundano, fundador do movimento Pimp My Carroça e do aplicativo de reciclagem Cataki, junto com a ANCAT (Associação Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis).

Assim a  ferramenta é simples e eficiente: um cabo longo com uma garra no final que é acionada por um botão no topo. O uso do pegador faz com que os catadores não sintam tantas dores do exercício repetitivo de abaixar para pegar latinha no meio da multidão podendo ser prático e ajudar na saúde.

Catadores Ganham 340 Pegadores De Recicláveis Para Facilitar Trabalho 07 de março de 2020

Atualmente, cerca de 20 mil catadores e catadoras são responsáveis por diminuir a quantidade de materiais recicláveis gerados em São Paulo e enviados todos os dias a terrenos baldios, lixões clandestinos, aterros sanitários, rios e córregos.

Media coleta por trabalhador

Um trabalhador coleta em média 1200 latinhas por dia durante o carnaval, por exemplo, o que equivale a aproximadamente 15 kg de resíduos. Então em um dia o catador pode abaixar até 1200 vezes para coletar os recicláveis.

“Entretanto o beneficio do pegador pegou em cheio os catadores que adoraram. Embora esse seja um grande  benefício justo que vi e senti bem forte que até emocionei”, contou Mundano em seu perfil do Instagram.

“Por mais dias como esse, onde ocupamos e fortalecemos a rua e todas e todos que vivem nela!”, complementou Mudando referindo aos catadores que buscam conseguir suas dignidades.

A iniciativa conta com a parceria da ANCAT (Associação Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis).

O seu Zezinho tem 68 anos e nunca foi à escola. Ele queria muito aprender o alfabeto e finalmente poder escrever o próprio nome. Gentil toda vida, uma professorinha de 9 anos começou a ensinar o vendedor de picolé a ler e escrever.