Publicidade - OTZAds

No Brasil, ao contrário da Europa e EUA, muitas companhias aéreas, aos poucos, estão aumentando a frequência de voos domésticos dentro do país, mas isso não deveria ser permitido, pois o coronavírus está em grande ascensão no país.

Segundo editorial dessa semana da Revista Veja, o setor foi um dos primeiros a sentir a crise do coronavírus e teve diminuição de frequência de pousos de decolagens caíssem até 90% em março e abril.

Conforme vemos na última quarta-feira, o chefe de estado, JairBolsonaro incluiu o transporte interestadual e internacional de passageiros como uma das atividades essenciais.

Em outras palavras, mesmo que governadores ou prefeitos baixarem decretos de distanciamento social para barrar setores, os serviços inclusos na lista da União podem seguir em funcionamento.

Companhia aéreas passam a aumentar frequência de voos no Brasil

Companhia aéreas passam a aumentar frequência

Nesta semana a Gol anunciou que irá retomar a partir do dia 3 a operações da ponte aérea Rio-São Paulo, com voos entre os aeroportos Santos Dumont (RJ) e Congonhas (SP).

Sabemos que desde o  dia 28 de março, a Gol havia suspenso voos saídos de Congonhas, operando apenas no Aeroporto Internacional de Guarulhos para saídas em São Paulo e do Galeão, no Rio. Desde o dia 23 de abril, a Azul vem aumentando a oferta de voos para todo o país.

Companhia aéreas novo normal

A grande expectativa de leve aumento da demanda no mercado é grande, a empresa expande suas operações na região de maior densidade populacional do Brasil, o Sudeste, criando rotas complementares à malha tradicional.

Que foi temporariamente suspensa durante a pandemia da Covid-19, a ponte-aérea Santos Dumont-Congonhas terá voos que vão proporcionar comodidade àqueles que precisam desembarcar em pontos mais centrais do Rio de Janeiro e de São Paulo”.

Ainda conforme as informações das companhia aéreas, os novos voos terão dois horários de ia de volta durante a semana e um aos domingos, este a partir de 24 de maio. Também haverá frequências para Brasília. No Santos Dumont, a companhia também irá ofertar voos para Vitória e Porto Alegre

Mas a verdade é que as companhia aéreas tem um grande desafio pela frente.

Enfim, o que achou? Gostou? Compartilhe, pois assim você estará ajudando nosso trabalho!

Fonte: Revista Veja