Mercados globais caem perante o aumento do número de casos de coronavírus fora da China, nesta segunda (14).

Publicidade - OTZAds

A elevação no número de casos de coronavírus para além das fronteiras da China abalou as principais bolsas do mundo nesta segunda-feira (24). Investidores temem a possibilidade da epidemia se alastrar e gerar um impacto ainda maior no crescimento global.

Nos Estados Unidos, bolsas recuaram mais de 3%. Ouro saltou para maior valor em 7 anos. Preços do petróleo tiveram forte queda.

Mercados globais caem perante o aumento dos casos de coronavírus

O crescimento do número de novos casos, principalmente na Coreia do Sul, Itália e Irã, está sendo monitorado pelas organizações internacionais.

OMS desconsidera uma “pandemia”, mas diz que surto ainda é emergência internacional.

O mercado de ações da Europa sofreu perdas de US$ 474 bilhões (quase R$ 2 trilhões). Além da maior queda percentual intradia desde que o Reino Unido votou para sair da União Europeia em junho de 2016.

Nos EUA, os índices S&P 500 e Dow Jones registraram simplesmente p pior desempenho diário dos últimos dois anos, de acordo com a Reuters.

Entre as mais importantes bolsas do mundo, a queda mais significativa foi registrada em Milão. O índice FTSE/MIB caiu 5,3%, conforme a Itália confirmou 7 mortes e informou que pelo menos 190 pessoas foram diagnosticadas com o vírus.

“Enquanto o número de casos relatados na China continental continua a cair (409 novos casos no domingo contra 648 no dia anterior), o aumento de infecções fora da China parece agora ser a nova força motriz das preocupações dos mercados”, comentaram em nota estrategistas do Royal Bank do Canadá.

O índice CSI300, na China, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou em queda de 0,4%, enquanto o índice de Xangai recuou 0,28%.

No Brasil, é válido lembrar, o mercado de ações e os bancos estão de folga em função do carnaval e só reabrem na quarta-feira (26).

Os principais ativos brasileiros em Nova York fecharam em forte queda. O maior fundo de índice (ETF) brasileiro de Wall Street, iShares MSCI Brazil, ou EWZ, caiu 4,99%. Enquanto isso, o Dow Jones Brazil Titans, que reúne ações de empresas brasileiras negociadas em Nova York, recuou 4,81%.

Líderes financeiros no G20 preveem que crescimento global será modesto em 2020 e 2021.

Dados

O vírus infectou cerca de 77 mil pessoas e já matou mais de 2.500 na China, onde ele se originou no ano passado.

Na Itália foram foram confirmadas 7 mortes. Na Coreia do Sul, 7. E no Irã, 12.

Mais sobre economia.