Publicidade - OTZAds

Tudo indica que o novo coronavírus está começando a entrar numa linha de estabilização. O presidente da França, Macron, em um importante pronunciamento à nação, o presidente f apresentou um plano detalhado, muito progressivo e ainda cheio de incógnitas, para o retorno à normalidade na França.

O anuncio do presidente, foi feito nesta segunda-feira à noite. No discurso Macron diz que a prorrogação do confinamento se estenderá até 11 de maio, para combater a propagação do coronavírus.

Este já é o terceiro discurso solene do presidente à nação, isso desde que a pandemia atingiu a França em março. Macron, também esclareceu que a partir dessa data, as escolas começarão a abrir e a economia começará a funcionar se os resultados forem positivos.

Esse pronunciamento do presidente foi mais em tom pedagógico do que épico, um guia detalhado dos próximos passos, uma tentativa de explicar como será a saída progressiva do fechamento, que já deixou pelo menos 15.000 mortos neste país e está levando à maior recessão desde 1945.

Nna França, isolamento social irá ter relaxamento em 11 de Maio

Covid-19 atualizações na França

Macron começou a falar às 20h02, horário local, com margem suficiente para permitir que os franceses saíssem para as varandas para aplaudir o pessoal de saúde e aqueles que estão na “frente” dessa “guerra”, como ele chamava em 16 Março, quando decretou o confinamento.

Ele esclareceu: ” Nós vamos acabar vencendo, mas por meses teremos que continuar vivendo com o vírus”, afirmou Macron. “Nossa nação é solidária, com um objetivo comum”.

Segundo informações à imprensa, o presidente estava se preparando por dias, e reavaliando a situação constantemente.
Para tomar essa importante decisão, ele consultou cientistas, líderes internacionais e seus predecessores imediatos, François Hollande e Nicolas Sarkozy.
Nesse sistema presidencialista da França, como tem sido nessas últimas décadas, o chefe de Estado também pode ser o chefe de governo, essas ocasiões são sempre envoltas em uma solenidade particular que sem dúvida, podemos perceber neste país.

Gostou? Então compartilhe, ou para ficar atualizado sobre as noticias, fique atento ao nosso portal Digital Seguro!

Fonte:  Revista Exame