Publicidade - OTZAds

Infelizmente a crise provocada pelo novo Coronavírus não tem data de termínio, e quem vai sofrer mais ainda, serão os novos empreendedores.  Entenda nesse artigo como isso poderá te efetar diretamente.

Atualmente o ministério da Saúde no Brasil vem tomando medidas para conter o Coronavírus, porém, nós sabemos que a ação mais eficaz é uma simples orientação da OMS para permanecermos em casa.

No entanto, muitos não tem dado tanta importância a essas recomendações, e tem permanecido com suas atividades normalmente, quem irá sofrer com isso diretamente, depois dos infectados?

Mas claro, que são aquelas pessoas que começaram com algum negócio recentemente e não podem parar agora que  vão ser afetadas diretamente.

As pequenas empresas tendem a ser as mais afetadas, após o decreto e as orientações da organização mundial de saúde para combater o coronavírus.

Conforme as informações da Federação do Comércio, Bens, Serviços e Turismo de São Paulo (FecomercioSP), isso acontece porque, geralmente, muitos dos itens que os consumidores compram desses pequenos negócios são adquiridos por impulso.

Como o coronavírus irá afetar o comércio?

A Federação ainda diz que as pequenas lojas de vestuário, artigos de esporte, material de escritório e lojas de R$ 1,99, entre outros, contarão com uma queda de demanda. A alta taxa de contaminação e o grau de receio da população vão interferir no volume de vendas desses pequenos negócios

Muitos novos empreendedores do Brasil têm o caixa no limite para manter operações do dia a dia. Além disso, as empresas não tem um amplo acesso ao sistema financeiro por ter falta de garantias. Entretanto, elas podem recorrer às linhas de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), por intermédio de agências credenciadas e do Banco do Povo Paulista.

Além disso, conforme publicação, a FecomercioSP diz que as vendas de automóveis, eletrodomésticos ou produtos de elevado valor (normalmente encontrado em médias e grandes empresas) devem ser apenas postergadas.

Enfim, gostaria de ficar mais atento sobre este tema? Clique aqui e leia outras matérias exclusivas sobre este assunto.

Mas claro, não se esqueça de compartilhar!