Publicidade - OTZAds

Até a sexta-feira da próxima semana (28/02), o ancoradouro do Porto do Recife receberá 2.206 turistas de cruzeiros. Antes disso, eles passarão em duas capitais que também são destino certo nesta época, no Brasil: Rio de Janeiro e Salvador.

Assim sendo, três navios de passageiros estão previstos para atracar na cidade no período de folia de Momo.Logo que  primeiro chegará à cidade na segunda-feira.

Entretanto vindo de Salvador e com bandeira de Malta, a embarcação MS Europa 2 – que iniciou viagem no dia 30 de janeiro em Santiago, no Chile – conta com 516 turistas a bordo.

Porto do Recife Tem Esquema Para Recepcionar Mais De 2,2 Mil Passageiros De Cruzeiro Durante A Folia 22 de fevereiro de 2020

Em princípio na terça-feiral (25), o Porto do Recife receberá outros 258 passageiros, a partir das 14h. Eles virão no cruzeiro Hamburg, de bandeira alemã, que antes terá parada no Rio de Janeiro. A viagem foi iniciada em Montevidéu, no fim do mês passado.

Os dois navios só passam um dia no Recife, antes de seguir para a capital cearense. Já na sexta-feira (28) será a vez do navio Voledam, vindo de Salvador, atracar às 8h. Assim como os demais, o roteiro começou no exterior – neste caso, a viagem foi iniciada na Flórida, nos Estados Unidos, no dia 5 de janeiro. A embarcação chegará à cidade com 1.432 passageiros a bordo.

Prevenção

Seguindo o protocolo de controle da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em sintonia com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a direção do Porto do Recife também se preparou para enfrentar possíveis situações de risco relacionadas ao coronavírus.

Os três navios que chegarão à cidade já estão no Brasil há tempo superior aos 18 dias que uma embarcação, rotineiramente, ficaria em observação ante alertas mundiais, período denominado de “quarentena”.

O coordenador de Gestão Ambiental do Porto do Recife, José Divard de Oliveira Filho, esclarece que antes de uma embarcação atracar, é de praxe que seja emitida a “declaração de saúde”.

Entretanto o boletim pelo qual a Anvisa é informada de ocorrências atípicas, como casos de febre ou diarreia a bordo, por exemplo.

Somente após a análise deste documento é que os passageiros podem desembarcar.

O relatório também é disponibilizado pelo comandante do navio aos órgãos anuentes, assim como Capitania dos Portos, cerca de 24 horas antes do horário previsto de chegada da embarcação.

Em um caso deste tipo, o comandante deverá providenciar a lista de viajantes com identificação de função, cabine, possíveis contatos a bordo, escalas e conexões.

Ele ainda garantirá a implementação das medidas de prevenção e controle sanitário complementares orientadas e/ou determinadas pela autoridade sanitária.

Serão emitidos, também, avisos sonoros com orientações da Anvisa, em quatro idiomas, no Terminal de Passageiros. Os avisos, durante o procedimento de desembarque, serão disponibilizados em português, inglês, espanhol e mandarim.

Expectativa

Do mesmo modo que a temporada 2019/2020 se encerrará no dia 20 de abril, com a chegada do Costa Fascinosa.

A expectativa é um aumento de quase 70% no número de passageiros, e o de embarcações também cresceu: em vez dos 19 navios da temporada anterior, quer  chegarão por aqui 26 navios de passageiros, trazendo mais de 40 mil visitantes.

A expectativa é a de que sejam deixados, pelo menos, R$ 8 milhões pelos turistas no comércio de bens e serviços.

Em suma a pesquisa realizada pela Empetur aponta que os turistas de cruzeiros ficam cerca de quatro horas e meia em solo pernambucano, e gastam, em média, R$ 202,14 enquanto estão em terra firme. De acordo com o levantamento, realizado em 2018, 74% dos cruzeiristas vêm do exterior.