Como introduzir a educação financeira em casa, abordando consumo, trabalho e disciplina

4 livros para ajudar os pais e as crianças a entender como lidar com dinheiro. Pois talvez você já tenha percebido que uma das grandes defasagens do nosso sistema educacional é justamente introduzir, desde cedo, lições sobre como ter uma relação saudável com o dinheiro. O que posteriormente se torna uma das grandes preocupações dos pais. Afinal, o aprendizado refletirá na organização financeira dessa criança no futuro.

4 livros para ajudar crianças a entender como lidar com dinheiro

Continua apos a publicidades

Segundo duas referências no assunto, Cássia D’Aquino, autora e especialista em educação financeira, e Carol Sandler, sócia da assessoria de investimentos Ella’s e fundadora do site Finanças Femininas, um dos principais pilares é reformular aquele conhecimento na linguagem e realidade da criança. E que, a partir do momento em que pede alguma coisa, reconhecendo a necessidade daquilo ser comprado, é aí que entra a educação financeira.

Outra observação interessante, é a do Mauro Calil, fundador da Academia do Dinheiro.

Continua apos a publicidades

“O exemplo dos pais é muito importante. De nada adianta ter um discurso severo e rigoroso se ele mesmo não faz isso na sua vida. As palavras puxam, mas os exemplos empurram”, diz Mauro.

E estes são os 4 livros recomendados:

“Turma da Keka – Vamos prosperar! Finanças e empreendedorismo para pais e filhos” – Valores Editorial

Escrito pelo economista Marcos Silvestre em parceria com sua filha, Rachel Silvestre, o livro é feito no formato de quadrinhos e desdobra sete histórias que abordam conceitos de finanças e empreendedorismo. A obra ainda conta com um material bônus de orientações para que pais ou educadores possam desbravar as histórias junto com as crianças.

Continua apos a publicidades

“Como conquistar seu próprio dinheiro” – Synopsys Editora

Escrito pela planejadora financeira Eliane Jaqueline Metzner e seu filho, Erico Debesaitis Metzner, o livro ilustra a história de um garoto de 12 anos que precisa se organizar com o dinheiro da mesada. O enredo é baseado na vida de Erico, que recebe uma “semanada” dos pais desde os seis anos e a administra sozinho. Hoje com 15 anos, o jovem continua a escrever livros sobre finanças pessoais e gerencia seu tempo entre as carreiras de autor, palestrante e aluno do ensino médio.

“Sim! Dinheiro é assunto para crianças!” – Editora Scrittore

Um livro de autoria de Carlos Eduardo Costa diretamente para os pais que almejam ter uma conversa cordial e didática com os filhos sobre dinheiro, mas ainda não sabem como. A ideia de “Sim! Dinheiro é assunto para crianças!” é que o livro ajude os pais a tratar com naturalidade o assunto com seus filhos, com a máxima de que crianças que aprendem o valor do dinheiro se tornam adultos mais bem preparados.

“Educação financeira na família: como falar de dinheiro com crianças” – Editora Roca

Escrito pelas psicólogas Andreza Maria Neves Manfredini Tobias e Ceneide Maria de Oliveira. Este é um livro voltado tanto aos pais quanto a especialistas. Ao abordar a forma como as famílias lidam com o dinheiro e como conversar sobre o tema com as crianças. O título mostra como os filhos podem colaborar e compreender a economia, o consumo e demais aspectos ligados ao uso do dinheiro para a formação de uma boa educação financeira.

Mais sobre educação financeira.