Publicidade - OTZAds

Em Santa Cataria, na cidade de Maracajá,  especialmente localidades de Espigão da Toca, Garajuva e Encruzo do Bairro, estão recebendo a pavimentação das regiões.

O contrato para pavimentar retornaram depois de decretar como Situação Emergencial do governo do Estado, com o intuito de combater a pandemia do novo coronavírus.

Pavimentação De Localidades Em Maracajá Em Santa Catarina Retornam Os Trabalhos 02 de abril de 2020

Prefeitura de Maracajá retornam a pavimentação

A  liberação para a retomada aconteceu nesta quarta-feira passada (1), voltando a preparar os recursos humanos, a logísticas e equipamentos necessários. Na quinta-feira (2) os engenheiros se reuniram , para reajustar as responsabilidades nas obras.

A primeira obra a ter inicio fica na região de Espigão da Toca , com a pavimentação da Rodovia Angelino Acordi. Bem como uma distância de 1,6 km e com duração de conclusão aproximadamente  duas semanas, começada do zero.

A pavimentação de Encruzo do Barro Vermelho segue até Araranguá, com 2,2 km na Rodovias de José Juvelino Costa e Alcino de Freitas. Assim portanto está sendo feito o processo de preparação do solo, até a escoação.

Sendo assim o  inicio da fase já está sendo concluída, que está sendo a impermeabilidade do solo, portanto espera-se o inicio das empresas fornecedora para a primeira fase do asfalto, que tem data prevista para dia 13 de abril.

Em Garajuva, já começaram quarta-feira, porém o ritmo tem previsão na segunda-feira (6). A rodovia que está sendo pavimenta é a Manoel Antônio Pedroso, com 3,3 km. As obras estão sendo monitoradas e elaborada de forma adequada por profissionais da empresa contratada, o que está surtindo bons resultados, mesmo em meio a pandemia o tempo estimado está dentro do esperado.

Contudo o processo do inicio ao final, é complexo como por exemplo a aparte da implantação e drenagem de pluviais, está em fase final , está que antece a terraplanagem, que será feita em todo o processo. Porém se falam em paralisação devido a pandemia, neste momento de crise que precisam manter o isolamento social.