O financiamento de moto semi nova é uma opção válida para quem não tem dinheiro de contratar através dos meios formais um processo de financiamento, isto é, aquelas pessoas que não conseguem financiar uma moto zero, pois o custo é bem mais elevado.

Por isso, surge essa opção de financiar uma moto usada, por outro lado, fica uma grande questão: será que eu não terei que gastar mais comprando uma moto usado, e por consequência, não acaberei gastando, tanto quanto, gastaria na compra de uma moto nova?

Para dar um pouco de luz para vocês que acompanham o nosso trabalho aqui do Digital Seguro, reunimos abaixo uma série de perguntas e respostas que podem facilitar na sua busca por comprar uma moto usada ou uma moto nova. Confiras as principais informações e ao final, tome sua decisão.

Financiamento de moto semi nova – o que você precisa saber

Muitos não sabem que qualquer financiamento é uma operação de crédito realizada por um banco ou financeira para a compra de um bem de valor. A instituição de crédito analisa a situação das finanças do interessado e avalia se é possível emprestar o valor que ele precisa ou não.

Normalmente, como garantia de pagamento, a financeira aliena o veículo. Isso quer dizer que, apesar de ficar registrada no nome do comprador, ele não poderá transferir a moto para outra pessoa enquanto não terminar de pagar o financiamento. Caso não consiga honrar o compromisso, a financeira poderá tomar a motocicleta e leiloá-la para quitar a dívida.

Essa garantia permite à financeira cobrar juros menores no financiamento, ao comparar com outras linhas, como o empréstimo pessoal ou o cheque especial.

QUAIS AS VANTAGENS DO FINANCIAMENTO?
Pra quem não tem dinheiro, são muitas as vantagens, para quem tem dinheiro de pagar à vista não tem vantagem.

Financiamento de moto semi nova de até 100%

Toda financeira faz uma análise das suas finanças antes de aprovar o financiamento. Isso permite que ela saiba o quanto você poderá dispor do seu orçamento para pagar as parcelas da moto.

Dependendo do seu perfil, poderá ser liberado um crédito suficiente para pagar 100% do valor da motocicleta. Ou seja, a compra poderá ser de uma moto sem entrada. Para isso, também é avaliado o ano de fabricação da moto. Quanto mais nova, maior a probabilidade de financiar seu valor total.

Juros baixos no financiamento

Isso dependerá exclusivamente do valor da moto que você escolheu financiar, portanto, é preciso que você faça uma análise no seu banco para saber quais são as possibilidades de juros baixos do mercado para financiamento de moto semi nova. .

Vamos para um exemplo prático! Um parcelamento em 36 vezes e, depois de 6 meses, resolve pagar adiantado a última parcela, terá um abatimento de 30 meses de juros naquela prestação. Isso pode ser um bom uso do 13º salário ou algum outro recurso que receber.

Enfim, para mais informações, deixe suas dúvidas nos comentários!

Fonte: Portal Juros Baixo